Como melhorar performance de um Gamer

Jogar vídeo game há muito deixou de ser coisa de criança. Hoje, a “brincadeira” virou assunto de gente grande, envolvendo muito dinheiro e treinamento digno de atleta. O menino que jogava como entretenimento cresceu, virou um profissional da área e passou a ser chamado de Gamer Profissional.

 

Traçar estratégias e reagir adequadamente aos estímulos para alcançar a vitória não é tarefa fácil. É preciso que a mente e o físico estejam em ótimas condições. Além de boas horas de sono, alimentação adequada e atividade física regular, o jogador deve ficar atento a algumas regiões do corpo.

 

COLUNA CERVICAL: Sustenta e movimenta nossa cabeça, que pesa cerca de 5kg (peso que pode aumentar até 6 vezes quando inclinada para frente). Como a cabeça inclinada para frente é comum durante os jogos, é preciso manter a musculatura fortalecida e uma boa postura para prevenir dores.

 

OMBROS: Algumas atividades diárias acabam, muitas vezes, contribuindo para uma má postura. A estabilização da região entre ombros e tórax (cintura escapular) melhora a postura do ombro, diminui a dor e fortalece a musculatura do pescoço.

 

COLUNA LOMBAR: Região muito sobrecarregada com o peso do corpo (tronco, cabeça e membros superiores). Quando relaxada, a musculatura desta região perde a capacidade de proteção das vértebras e dos discos, causando dores e, a longo prazo, hérnia de disco.

 

COTOVELOS: O jogador que usa muito o teclado pode apresentar dor na região lateral do cotovelo. Isso ocorre quando a musculatura do antebraço é sobrecarregada. O fortalecimento da cintura escapular  é uma boa maneira de prevenir.

 

MÂO E POLEGAR: Os dedos mais utilizados nos jogos de controle. O uso excessivo sem um preparo adequado pode gerar dores em sua base. Estas dores podem ser uma artrite (sobrecarga da articulação) ou uma tendinopatia (sobrecarga dos tendões). Para prevenir estes problemas o “atleta” deve se preparar com fisioterapia postural, terapia ocupacional e atividade física.

 

É recomendado avaliações periódicas com fisioterapeuta e terapeuta ocupacional para consertar eventuais vícios posturais, realizando desta forma um tratamento precoce.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Posts Em Destaque

Dicas para prevenir a dor nas mãos

1/7
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo